UCPel realiza conferência sobre os 50 anos da Filosofia da Libertação


918  11 de novembro de 2021

Depois de quase quatro décadas o filósofo argentino, Enrique Dussel, um dos criadores da Filosofia da Libertação, volta a participar de um evento promovido pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel). No dia 18 de novembro, às 19h, ele será o palestrante da conferência “Origem, tendências e desafios da Filosofia da Libertação hoje”.

Com a proposta de celebrar os 50 anos da Filosofia da Libertação, incluindo seu panorama de desenvolvimento histórico e suas implicações políticas para a América Latina, o evento também quer homenagear Dussel, que é considerado o principal expoente da Filosofia da Libertação. Um dos organizadores da conferência, o coordenador do Núcleo de Estudos Latino-Americano(NEL) e professor do Programa de Pós-Graduação em Política Social e Direitos Humanos (PPGPSDH) da UCPel, César Augusto Costa, explica que a Filosofia da Libertação na América Latina ainda possui vitalidade diante a lógica da modernidade que impõe formas coloniais de produção do conhecimento a partir da Europa. “A Filosofia da Libertação de Dussel contraria tal lógica, poscionando um pensamento crítico, original e contextualizado a partir da periferia, sobretudo aqueles que sofrem os impactos desta modernidade, as vítimas – indígenas, negros, mulheres, pobres, minorias,  violentadas por aquilo que o pensador aponta como sistema-mundo moderno-colonial”, destaca o docente.

Como participar

A Conferência “Origem, tendências e desafios da Filosofia da Libertação hoje” é voltada para professores, acadêmicos de graduação, pós-graduação e comunidade em geral interessada na temática da Filosofia e pensamento latino-americano. O evento será transmitido via página do PPGPSDH no Facebook, sendo que não é exigida inscrição.

A Conferência é promovida pelo PPG em Política Social e Direitos Humanos, Núcleo de Estudos Latino-Americano, Instituto Superior e Formação Humanística, e cursos de Filosofia e Teologia da UCPel, com apoio da Associação de Filosofia e Libertação (Afyl/Brasil). 

 Quem é Enrique Dussel

Graduado em Filosofia pela Universidade Nacional de Cuyo – Mendoza, Argentina, e Teologia por Paris e Münster – na Alemanha, Enrique Dussel é doutor em Filosofia pela Universidade Complutense de Madrid e em História pela Sorbonne na França. Professor Emérito da Universidade Autônoma Metropolitana na Faculdade de Filosofia e Letras da Universidade Nacional Autônoma do México, é pesquisador emérito do Sistema Nacional de Pesquisadores (SNI). O filósofo é doutor “Honoris Causa” das Universidades de Freiburg (Suíça), de San Andrés (La Paz, Bolívia), de Buenos Aires (Argentina), de Santo Tomás de Aquino (Bogotá), das Universidades Nacionais de General San Martín, de General Sarmiento, e da Universidade de Cuyo (Argentina), da Universidade Nacional (San José, Costa Rica) e do Panamá. Possui uma vasta e densa produção dedicada ao pensamento latino-americano, História da América Latina, Teologia e Filosofia. O filósofo, historiador e teólogo Enrique Dussel foi eleito em 2019, membro da Academia Americana de Artes e Ciências, à qual pertenceram figuras como Benjamin Franklin, George Washington, Charles Darwin, Albert Einstein, Martin Luther King e Nelson Mandela. 

Redação: Alessandra Senna

 

 

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*