Sobre a Licenciatura

O licenciado em Filosofia estará habilitado para realizar a transposição didática, sendo capaz de transformar o conhecimento científico adquirido durante o Curso em saber escolar, adaptando-o ao nível de ensino correspondente; lidar com os enfrentamentos inerentes à prática docente, sendo capaz dialogar com os sujeitos que compõem o cotidiano escolar e propor alternativas para o ensino e aprendizagem dos educandos, promovendo a construção de conhecimento; deve reconhecer-se e identificar-se enquanto professor-pesquisador. Os egressos podem contribuir profissionalmente também em outras áreas, no debate interdisciplinar, nas assessorias culturais e etc. Dessa forma, os egressos do curso deLicenciatura em Filosofia estão habilitados/capacitados a:
– Formular e propor soluções a problemas, com sólido embasamento filosófico, nos diversos campos do conhecimento;
– Exercitar a consciência crítica sobre conhecimento, razão e realidade sócio-histórico-política;
– Analisar, interpretar e comentar textos filosóficos, segundo os mais rigorosos procedimentos de técnica hermenêutica;
– Compreender a importância das questões acerca do sentido e da significação da sua própria existência e das produções culturais;
– Realizar a integração necessária entre a filosofia e a produção científica e artística, bem como com o agir pessoal e político;
– Relacionar o exercício da crítica filosófica com a promoção integral da cidadania e com o respeito à pessoa, dentro da tradição de defesa dos direitos humanos;
– Conhecer a instituição educativa enquanto organização complexa na função de promover a educação para e na cidadania;
– Atuar profissionalmente no ensino, na gestão de processos educativos e na organização e gestão de instituições de Educação Básica;
– Pesquisar, analisar e aplicar os resultados de investigações de interesse da área educacional e específica da Filosofia;
– Ler e compreender os textos filosóficos em língua estrangeira;
– Conhecer os conceitos fundamentais de latim e grego;
– Utilizar as tecnologias da informação e comunicação.

Criação e reconhecimento do Curso:
O Curso foi criado pelo Decreto Federal nº 32.435 de 18/03/1953 e reconhecido Decreto Federal nº 38.308 de 14/12/1955, publicada no Diário Oficial da União (D.O.U.) em 30/12/1955.
Carga Horária Total: 3.200 horas
Turno de funcionamento: Noturno
Tempo de integralização: mínimo 4 anos e máximo 6 anos.
Nota no Enade: 2
Conceito no MEC: 3