Filosofia

21/03/2018

Curso de Filosofia da UCPel abre comemorações dos 65 anos

Ver fonte
O curso de Filosofia da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) completou 65 anos no dia 18 de março. Inúmeras atividades serão realizadas ao longo do ano para celebrar a data. A primeira ocorreu na segunda-feira (19) com a inauguração de um laboratório destinado a ensino e pesquisa. Uma conversa com um dos homenageados da noite também foi promovida.

(Clique na imagem para ver outras fotos)

A comemoração iniciou com uma missa de celebração, realizada na Capela do Campus I e ministrada pelo Arcebispo Metropolitano de Pelotas e Chanceler da UCPel, Dom Jacinto Bergmann. Na ocasião, o arcebispo destacou a coincidência da celebração ser realizada no Dia de São José. “São José é conhecido como justo e a justiça é um ato filosófico porque busca a verdade“.
 
Na sequência, professores e alunos se reuniram para a inauguração do laboratório que, além de reunir o acervo histórico do curso, promoverá o desenvolvimento de pesquisas e projetos. O espaço recebeu o nome de “Laboratório de Ensino e Pesquisa em Filosofia Professor Osmar Schaefer (LEPFIL)”. Conforme a coordenadora do curso de Filosofia da UCPel, professora  Adriane da Silva Machado Mobbs, Schaefer foi escolhido pela contribuição que prestou ao desenvolvimento do curso.
 
Outro nome importante para a história da graduação foi lembrado e homenageado na celebração. A sala 414C, que abriga o LEPFIL, recebeu o nome de “Padre Aldo Sérgio Lorenzoni”. Por 56 anos, padre Aldo foi professor titular do curso. Segundo Adriane, os homenageados representam o agradecimento a todos os professores que ajudaram a construir os 65 anos de história. “O curso só existe graças aos alunos e professores que passaram por aqui”.

Apesar de não estar presente na cerimônia, padre Aldo se manifestou através de uma carta lida pelo ex coordenador do curso, professor Enir Cigognini. “Sinto-me honrado e agradecido pelo nome que dão à sala. Mas o nome é secundário. O que merece aplauso é a decisão de criar o espaço e o destino que ele tem”. 

A importância da filosofia dentro de uma universidade e na vida das pessoas também foi destacada por Lorenzoni em sua manifestação. “Sem filosofia, coração de uma universidade, a própria teologia corre o risco de dialogar sobre enigmas e não buscar o mistério de Deus. E a medicina, por exemplo, se volta contra a vida, que ela jurou defender e guardar”, complementou. 

A opinião do ex professor foi reforçada pelo diretor do Instituto Superior de Formação Humanística da UCPel, Dom Ricardo Hoepers. Para ele, a filosofia se dá no diálogo, na leitura, na partilha das ideias e o novo espaço propiciará isso, sendo um projeto de resgate da paixão pelo saber. “A inauguração do laboratório é um marco na história da UCPel. Será um local de convergência do saber, não só filosófico, mas aberto a todas as áreas do conhecimento”.

Da mesma forma, a Pró-Reitora Acadêmica da UCPel, professora Patrícia Haertel Giusti, falou sobre o significado do curso e do novo espaço para a universidade. Para ela, a inauguração do laboratório e a homenagem ao professor Osmar é a concretização de um sonho que foi incansavelmente buscado pela coordenação do curso. “O nome do laboratório tem relação direta com o objetivo do espaço, que é trabalhar com ensino e pesquisa através de diversos autores e filósofos", afirmou. 

Na conversa com alunos e professores, Schaefer se mostrou emocionado com a homenagem, que para ele foi um ato de generosidade. Por cerca de meia hora, relembrou pessoas e fatos marcantes da história e destacou a proximidade que ainda mantém com o curso. “Quando se trabalha apaixonadamente, os retornos são sempre novas chegadas. Essa foi como todas as outras que vivi desde 1972, quando cheguei à UCPel”. 

O homenageado ainda reafirmou a importância do trabalho que ao longo do tempo foi sendo aperfeiçoado e, através de perguntas, interagiu com a platéia. Como tornar presente os 65 anos de história foi uma das reflexões abordadas por ele. “A memória está sempre voltada para o passado e, de certo modo, ela faz com que o passado se torne presente, quando assumimos o papel de protagonistas na história”. Assim como as outras autoridades presentes na celebração, Schaefer também falou sobre o padre Aldo, considerado por ele a coluna mestre na história da graduação em Filosofia da UCPel. 

Redação: Manuelle Motta
 


foto da notícia

Por Portal UCPel

15/03/2018

UCPel possui vagas para lista de espera do Prouni

Ver fonte
De 16 a 19 de março, o Prouni abre prazo para estudantes participarem da lista de espera. Candidatos, que não foram convocados nas duas primeiras chamadas e se enquadram nas regras do Programa, podem aderir à lista de espera e demonstrar interesse em ingressar na Universidade Católica de Pelotas (UCPel) através do site siteprouni.mec.gov.br.  

A UCPel oferece vagas para 19 cursos de graduação. Os candidatos pré-selecionados, conforme número de vagas disponíveis na lista de espera, irão receber convocação a partir do dia 20 de março. Os pré-selecionados deverão comparecer na UCPel no dia 22 de março para chamada oral, que começará às 14h, no Auditório Dom Antônio Zattera. 

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (53) 2128-8247.


foto da notícia

Por Portal UCPel

15/03/2018

Inauguração de laboratório marca os 65 anos do curso de Filosofia da UCPel

Ver fonte
O curso de Filosofia da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) completa em março 65 anos de história. Para marcar a data será inaugurado, na próxima segunda-feira (19), um laboratório que disponibilizará o material reunido ao longo das seis décadas. Na sequência, uma conversa com o professor Osmar Schaefer vai relembrar os principais momentos vivenciados pelo curso.
 
A programação alusiva aos 65 anos iniciará com o descerramento da placa de inauguração do laboratório, localizado na sala 414C, do Campus I. O espaço, que cumpre uma exigência do Ministério da Educação, reunirá o acervo histórico do curso, como periódicos, publicações e livros didáticos. Conforme destaca a coordenadora da graduação em Filosofia, professora Adriane da Silva Machado Möbbs, o local terá o objetivo de fomentar a pesquisa e possibilitar que os acadêmicos tenham acesso a esse material, além de permitir que projetos sejam desenvolvidos, o que contribuirá no aprendizado. 

Na conversa com o professor Osmar Schaefer, realizada logo após a inauguração, na sala 410C, a história do curso será relembrada. Schaefer foi professor da UCPel por quase duas décadas e em suas aulas, conforme lembra Adriane, sempre incentivou a pesquisa e o ensino em Filosofia, relação esta que o laboratório buscará fazer. Além disso, o professor está entre os primeiros doutores em Filosofia do Rio Grande do Sul que residiam em Pelotas.

Para celebrar os 65 anos, outras atividades serão realizadas ao longo de 2018. Para maio já está programada a palestra “De solilóquios à hermenêutica de si mesmo – via Aurélio Agostinho à Alteridade / Ipseidade de Paul Ricœur”,   com o professor Antônio Minghetti. 

Estrutura

A Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, fundada em 1953 por Dom Antônio Zattera, foi a precursora da UCPel. Ao longo do tempo passou por inúmeras adaptações, resultando na atual estrutura, que é composta pelo Instituto Superior de Formação Humanística (ISFH), responsável pelos cursos de Filosofia, Teologia e Pedagogia.

Em 2017, já sob a coordenação da professora Adriane da Silva Machado Möbbs, mudanças ocorreram no curso de Filosofia. O Bacharelado passou a ter durabilidade de três anos e a Licenciatura, com duração de quatro anos, passou para o turno da noite. Segundo destaca ela, a nova matriz curricular visa formar profissionais para o exercício da docência e da pesquisa. “Queremos formar pessoas atentas às mudanças da sociedade e habilitadas não apenas para a atuação profissional, mas para o exercício da cidadania e para a construção de uma sociedade melhor”.

Para o futuro, a professora prospecta um curso que se renova constantemente, priorizando a formação humanística de qualidade. Segundo Adriane, a graduação em Filosofia estimula análises críticas da sociedade, das relações sociais e do cenário político-econômico, o que resulta na formação de profissionais capazes de resolver problemas com pensamento crítico, criatividade, capacidade de julgamento e tomada de decisões. “A nossa intenção é uma formação integral, que visa não apenas a formação do profissional, mas do sujeito, desenvolvendo-o integralmente para o exercício da cidadania e da alteridade”.
 
Como novidade, o curso oferecerá já no segundo semestre de 2018 o Bacharelado na modalidade Ensino a Distância (EaD). Diferente do que ocorre no presencial, o formato híbrido será desenvolvido através de eixos temáticos, com quatro encontros presenciais no semestre. “Vamos apostar em novas metodologias e novos instrumentos de avaliação, como a síntese filosófica, abrindo mão da tradicional prova”, complementa a coordenadora.

Redação: Manuelle Motta

foto da notícia

Por Portal UCPel

14/01/2014

Vestibular Fevereiro 2014 com Inscrições abertas!


Por Núcleo Web

18/11/2013

Vídeo da área: Educação na UCPel


Por Núcleo Web

Contato

(53) 2128-8222


Universidade Católica de Pelotas
Rua Félix da Cunha, 412
CEP: 96010-000
Pelotas - RS - Brasil
Fone: + 55 (53) 2128-80000

Desenvolvido por Núcleo Web - Assessoria de Comunicação e Marketing UCPel